segunda-feira, julho 28, 2008

Resposta (No alarms, but many surprises)


Amizade: onde, uma vez inventada, nada se cria, nada se perde, apenas são transformadas as coisas, inclusive as pessoas. É fato: nossa amizade andou por uns tempos em caminhos distintos, mas que bom que denovo percorre junta, talvez porque nos transformamos, meu velho! (Em algo melhor, é de se esperar).

E mesmo que o contanto ainda seja quase que apenas de dígitos do orkut, msn e blog (por que não?!) a idéia de criarmos um livro juntos foi uma das principais, senão a única, causa da nossa reaproximação, condordo. E também concordo: eu sou estranho, um pouco mais que o diminutivo! Mas agradeço por ainda poder confiar numas poucas pessoas. Juro que me surpreendi em saber que havia virado postagem de blog, e não de qualquer blog, do SEU... O mesmo que um dia me inspirou a criar este em que fasso vivos os meus pensamentos, minha "fábrica de palavras".

Nunca, pessimista que sou, me passaria pela cabeça que poderia ser tão importante assim. Obrigado (a que você deve fazer idéia). E para todos os olhos alheios que por aqui repousarem quero que saibam que eu sei que nada intenderam, e também que estou realmente feliz por isso.

P.S.: Radiohead me ensinou a ver o mundo de outra forma. Muito obrigado por isso também... Não esqueço que parte do que sou hoje foi você que construiu.

2 comentários:

Anônimo disse...

Ô, velho! 06h04 da manhã, e ler uma dessa, é pra me emocionar, né?! kkkkk

Valeu. Valeu, mesmo. Essas duas postagens vão virar a parte dos agradecimentos do nosso livro. Vc vai ver.

=]

Abraçooo!

adorei a frase: "parte do que sou hoje foi você que construiu." disse...

adorei a frase: "parte do que sou hoje foi você que construiu."
hehehe