sexta-feira, agosto 28, 2009

E se só me ama, me ame só. Como alguém que comprou a passagem e esqueceu da hora, que sorriu e não lembrou de ser feliz ou de beber as lágrimas salgadas de saudades de outros tempos quem sabe.
Se apenas me ama, me deixe livre. Correrei então diversos campos e quando os pés cansados se recusarem a caminhar, me deito na grama e esqueço. – O sol queima o que me resta de corpo, evaporando a minha alma, os mosquitos me sugam a essência, já não penso mais em dor ou alegria, sozinho me esqueço – E me esqueço que o sol queima e que os mosquitos sugam, me esqueço de mim e de meu amor solitário.
Se me ama só, e se possível for, me ame como a chuva de verão ou a última faixa do disco. E com carinho, com afeto, só te amarei só!

3 comentários:

Anônimo disse...

OH_MY_GOD!

Eu não consigo compreender como você consegue, a cada dia que passa, me surpreender mais e mais, numa constante um tanto quanto inconstante. Sinceramente, você é o meu poeta NÚMERO UM na escolha de um estudo de Sintaxe x Semântica. Eu não pensaria em outrem senão você, juro pela minha morte...

Estaria eu permitido a postar um texto seu em uma de minhas apostilas quando eu for dar aula, a fim de trabalhar texto? Com sua autoria lá, ÓBVIO. ^^

Não, eu não estou brincando!

Eu sou seu fanzaço e nem preciso explicar o porquê.

Abração! ;*

Anônimo disse...

Agora que já pus pra fora a minha admiração por você e por seus textos, um a um, falemos do texto em si.

Fiquei fascinado pela gradação do segundo parágrafo. Você mostrou uma concepção de amor originalíssima, o que é bem complicado, afinal, o amor é um tema mais que batido. Mas não. Você alcançou uma significação que passava tímida e às vezes esquecida. E belíssima em todos os aspectos.

É, meu velho, é tanta qualidade que eu nem sei em que escola literária eu te lançaria.

Abraçoooooo!

Jenny Paulla disse...

sabe qndo seu core se enche tanto q a respiração fica como em sôfrego? esse preenchimento dentro do peito, como se fosse explodir e d repente uma calma,uma paz...jeito estranho d me contagiar....
simplesmente...lindoo...=}