terça-feira, maio 13, 2008

Viagem Interior


Uma vez, perdida em suas escrituras, Cecília Meireles distinguio perfeitamente o viajante e o turista. O viajante é aquele que procura saber toda a história do lugar destinado, procurando nele as respostas para o seu prório destino, uma forma de preencher os vazios da alma com a cultura absorvida e tendo sempre em mente a capacidade de se admirar com o novo, mesmo que para tal, seja preciso quebrar barreiras íntimas nunca antes ousadas desafiar. Enquanto o pobre turista, que ao contrário do que digo traz nos bolsos enormes volumes do que considera mais importante para o mundo, se preoculpa apenas com as fotos, a culinária que um dia vai lembrar e contar aos netos e todas as tralhas que vai comprar e depois perceber que de nada servem, então são dadas, com imensa generosidade, como presente para os mais queridos.

Caro leitor, não nego: na vida somos apenas turistas! Daqueles que se acham no direito de descrever o que não sabem, com toda convicção. Daqueles que separam em fases para os novos viajantes que surgem, indicando os melhores caminhos e restaurantes... Nem ao menos a língua do lugar sabemos, portanto é impossivel qualquer comunicação que, em verdade, seria o mais proveitoso para o crescimento do ser.
Somos turistas de um mundo desconhecido, com língua e cultura completamente diferentes. Tiramos algumas fotos, de fato; decoramos algumas frases, levamos consigo alguma lembrança de algo desconhecido, que de tão misterioso guardamos como relíquia. E só assim partimos, com a esperança e a incerteza de que nosso retorno será muito proveitoso, com direito a comentários e lágrimas de saudade!

Enquanto os viajantes da vida se perdem no mundo descoberto, numa viagem tão profunda e sem passagem de volta...

3 comentários:

Anônimo disse...

'Hey, man, slow down! Slow down!
Idiot! Slow down! Slow down!'

Radiohead - The tourist

Na vida, são poucos aqueles que vivem. A maioria das pessoas apenas existe.

Perdoe-me por não falar muito. São 05:35 da manhã e eu acabei de acordar. ^^

Abração!

Marcos Costa Melo disse...

Concordo, somos na maioria turistas. Alguns poucos são viajantes, entre eles a própria Cecilia Meireles.

abs

kelly disse...

isso sim é que é viagem... tentarei antes do fim tornar-me uma viajante e deixar de ser mera turista...
obr pelo incentivo, hehehe